LOADING

Type to search

Bahia Destaque

Salvador em 3 dias: Roteiro com dicas para você não gastar muito!

Share

Já faz um tempo que queríamos ir a Salvador. Não só pelas belas paisagens que certamente encontraríamos, mas por toda representatividade cultural que a capital baiana simboliza para o Brasil.

Salvador, sem sombras de dúvidas é um destino obrigatório, não só para o estrangeiros, mas para todos os brasileiros. Entre ruas e ladeiras, foi ali que se construiu boa parte da história do nosso país. A cidade foi a primeira capital do Brasil e é uma das cidades mais antigas das Américas, e um dos primeiros lugares planejados do mundo antigo.

Farol da Barra: Símbolo e um cartão postal de Salvador.

Farol da Barra: Símbolo e um cartão postal de Salvador.

Conhecida internacionalmente pela sua arquitetura, gastronomia, carnaval, música e religião, separamos um final de semana inteiro para conhecer os encantos dessa cidade do nordeste brasileiro.

Nesses 3 dias que ficamos em Salvador, realizamos todos os passeios por conta própria, sem agência e guias de turismo. Preparamos um guia detalhado com tudo que você precisa saber para realizar com sucesso sua viagem.

O conteúdo está dividido em:

Vem conosco conhecer a Bahia de São Salvador!

Dicas de planejamento para Roteiro de 3 dias em Salvador

Aeroporto

Em Salvador, o aeroporto está distante da Barra e do Pelourinho. Chegamos em Salvador bem tarde (por volta de 00:30h) e optamos por ficar em um hotel próximo ao aeroporto. Se seu vôo chega na madrugada, esta é a melhor e mais segura opção para você. Ficamos hospedados no Hotel Ibis Salvador Aeroporto Hangar por uma noite.  A corrida de Táxi do Aeroporto até o Hotel foi R$ 20,00.  No outro dia, seguimos para Barra e trocamos de hospedagem. Só utilizamos o  Hotel Ibis Salvador Aeroporto Hangar para dormir. A corrida do Hotel Ibis Salvador Aeroporto Hangar até a Barra de Uber foi R$ 30,00. Acreditamos que uma corrida de táxi do Aeroporto até a Barra deve custar de R$ 50,00 a R$ 70,00.

Taxistas

Uma coisa que sempre nos falavam era sobre o  temperamento dos taxistas em Salvador. Há relatos de cobranças abusivas ou de não ligarem o taxímetro para corrida. A dica é sempre que for utilizar táxi, antes de  embarcar, pergunte ao taxista se o taxímetro será ligado. Nós utilizamos o táxi apenas 1 vez e fizemos isso. Deu tudo certo!

Uber

O aplicativo não funciona no Aeroporto, então ao fazer sua solicitação marque um lugar fora do aeroporto, como por exemplo o Salvador Norte Shopping. Assim que o motorista confirmar seu pedido, ligue para ele e informe que está no Aeroporto. Isso vale também para outros locais em Salvador, como o Shopping da Barra. Pode fazer isso, que dá certo! O Uber foi nosso principal meio de transporte em Salvador.

Ônibus

Para fazer alguns deslocamentos (Bonfim e Rio Vermelho, por exemplo) utilizamos as linhas de ônibus em Salvador. É importante que você veja sempre o trajeto do ônibus; Os melhores são aqueles que realizam a viagem no entorno da orla, não dando muitas voltas dentro de bairros. Fizemos alguns descolocamentos de ônibus e foi bem tranquilo.

fique-ligadoSEGURANÇA: Quando você fala que vai passar o final de semana em Salvador para alguém que já conhece a cidade, a primeira coisa que vão falar, é que você precisa tomar todo cuidado do mundo por lá. Achamos que deve ser assim em qualquer lugar, não só em Salvador. Infelizmente, a segurança nas cidades do nosso país não é eficaz como a gente gostaria que fosse. Nossa viagem foi bem tranquila, mas procuramos estar atentos durante todo o passeio, porém o local que sentimos mais insegurança foi em Itapuã, que falaremos no final desse post;

Comes e Bebes

Quando pensamos na comida baiana logo lembramos do famoso Acarajé e de outras comidas pesadas e apimentadas; isso faz muitas pessoas torcerem o nariz e até evitarem a capital baiana. Mas, não se preocupe, em Salvador você vai encontrar todo tipo de comida e isso não será um problema caso o tempero baiano não lhe agrade.

Onde ficar

O melhor é se hospedar em um lugar que seja movimentado. Evite hotéis que fiquem localizados em lugares desertos. Isso pode atrapalhar seu ir e vir. Nós ficamos hospedados na Barra e não nos arrependemos; (clique aqui para ver nossas hospedagens em Salvador). Os melhores bairros para se hospedar em Salvador são aqueles que estão mais próximos das principais atrações. Ficando hospedado no Peulorinho, você vai fazer praticamente quase todo seu roteiro a pé, mas ficará distante das principais praias de Salvador. Além disso, o Pelourinho é bem perigoso no horário da noite. Durante a nossa pesquisa, escolhemos a Barra, por estar próxima das principais praias e do principal ponto turístico de Salvador, o Farol da Barra. Além disso, o bairro possui uma das melhores infraestruturas de Salvador.

Diário dia a dia: Roteiro de 3 dias em Salvador

1ª dia: Farol da Barra, Praia de Barra, Mercado Modelo, Elevador Lacerda, Pelourinho, Sorveteria da Ribeira, Igreja do Bonfim e MAM.

Chegamos em Salvador depois da meia-noite e do Aeroporto seguimos para o Ibis. Decidimos passar a noite hospedados em um hotel próximo ao Aeroporto para seguir de manhã para um Hotel na Barra. Nesse dia fizemos quase tudo.. Pela manhã visitamos o Farol da Barra, Praia da Barra, Mercado Modelo, Elevador Lacerda, Pelourinho. E no horário da tarde: Sorveteria da Ribeira, Igreja do Bomfin e MAM. E se tiver disposição, veja as programações de shows no MAM à noite. Nesse dia assistimos um show de Jazz bem legal.

2ª dia: Morro do Cristo, Forte Santa Maria, Forte São Diogo, Praia do Porto da Barra, Casa do Rio Vermelho, Rio Vermelho, Vila Caramaru e Shopping da Barra.

No horário da manhã visitamos: Morro do Cristo, Forte Santa Maria, Forte de São Diogo, Praia do Porto da Barra. E no horário da tarde: Casa do Rio Vermelho e Rio Vermelho. E se tiver disposição, vá à noite ao Shopping da Barra.

3ª dia: Forte Mont Serrat e Itapuã.

Fomos ao Fort Mont Serrat (que daria para fazer no primeiro dia) e à tarde seguimos para a Praia de Itapuã, pois ficamos hospedados lá por 1 noite.

Pontos Turísticos que visitamos em Salvador:

Farol da Barra e Praia da Barra em Salvador

O primeiro ponto turístico que visitamos em Salvador foi o Farol da Barra. Ele ficava pertinho da nossa hospedagem, o que nos possibilitou ir andando e apreciando a Praia da Barra.

Mais conhecido como Farol da Barra, o Forte de Santo Antônio da Barra foi construído em 1583 e ganhou esse nome por conta da forte relação do país com a religião católica. A imagem do santo teve até patentes militares da Marinha e está presente em alguns locais dentro do Museu Náutico, que fica dentro do Forte.

O Forte de Santo Antônio é o primeiro Forte do Brasil e dentro dele além do famoso Farol, você vai encontrar uma lojinha de Souvenir e o Museu Náutico que traz réplica de embarcações, além de acervos que revelam costumes dos séculos XVI e XVII.

Farol da Barra em Salvador

Farol da Barra em Salvador

Como viajante a gente quer visitar tudo e adquirir o máximo de conhecimento que cada lugar tem a oferecer. Apesar de interessante o conteúdo do Museu Náutico, achamos a entrada do forte bem carinha. E isso faz com que muitos moradores nunca tenha entrado no forte e às vezes afasta alguns turistas. Uma pena.

Enquanto você tira suas fotos do lado de fora do Farol, aparecem algumas baianas se oferecendo para tirar fotos com você, mas fique ligado, no final elas acabam pedindo um “trocado”.

mais-inforFuncionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h. Ingresso: R$ 15 (inteira); R$ 7,50 (meia) estudantes, professores e idosos;  gratuidade para menores de 7 anos e deficientes físicos. Endereço: Largo do Farol da Barra, s/n - Forte de Santo Antônio da Barra, Salvador Site: www.museunauticodabahia.org.br

Mercado Modelo em Salvador

O Mercado Modelo é um dos mais famosos centros de artesanato do Brasil. Ele conta com 260 lojas, além de restaurantes e bares. O prédio de estilo neoclássico, tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, foi construído em 1861 para ser utilizado como terceira alfândega de Salvador. 

Mercado Modelo em Salvador

Mercado Modelo

O entorno do Mercado Modelo causa um pouco de insegurança, por isso fique atento. O Mercado em si não é tão grande e por dentro existem algumas áreas deterioradas, mas vale a visita. O Mercado Modelo é ideal para quem adora comprar artesanato, mas as lojinhas são bem repetitivas, e você não encontrará muitas coisas diferentes de uma loja para outra. O mercado fica bem em frente ao Elevador Lacerda, assim você consegue combinar a visita do Mercado Modelo, Elevador Lacerda e o Pelourinho de uma só vez.

mais-inforFuncionamento: Segunda à sábado: 09h às 19h.  Domingo e feriado: 09h às 14h. Endereço: Praça Visconde de Cayrú, s/n - bairro do comércio na região conhecida como Cidade Baixa, de frente para Baía de Todos os Santos. Site: www.mercadomodelobahia.com.br

 Elevador Lacerda em Salvador

O Elevador Lacerda é um dos principais símbolos de Salvador. Foi o primeiro elevador  do mundo a servir de transporte público; inaugurado em 1873 para ligar a “cidade baixa” à “cidade alta”.  Possui duas torres, quatro cabines e 73,5 metros de altura. Tem capacidade total para 128 pessoas, nas quatro cabines, e a viagem dura 22 segundos. Transporta, em média, mais de 750 mil pessoas por mês, funcionando 24 horas por dia.

Elevador Lacerda

Elevador Lacerda

O Elevador Lacerda está bem bonito e conservado; Se você vai conhecer o Pelourinho terá que passar por ele. Apesar de bastante movimentado o serviço é bem rápido. Enquanto você está tirando suas fotos, aparecem várias pessoas se oferecendo para amarrar fitinha de Senhor do Bonfim no seu braço e se você diz que não quer eles ficam irritados e até podem te tratar mal. Fique atento!

mais-inforFuncionamento: Diariamente de: 07h às 23h Ingresso: R$ 0,15 Endereço: C - Praça Tomé de Souza, s/n – Praça Visconde de Cairu, s/n.

Pelourinho em Salvador

Pelourinho era uma coluna de pedra localizada em um local público usada para castigar escravos e criminosos. Hoje, o mais famoso bairro de Salvador, o Pelourinho recebe turista do mundo inteiro. Patrimônio da Humanidade desde 1985, o Centro Histórico de Salvador reúne igrejas dos séculos 17 e 18 e casarões no estilo barroco Português que abrigam ateliês, lojas, museus, centros culturais, bares, restaurantes e pousadas. 

Pelourinho

Pelourinho

Lá você vai encontrar também a primeira faculdade de medicina do Brasil; O prédio (primeira da foto)  foi utilizado como colégio, depois como hospital e em 1832 se tornou faculdade. Procure não se afastar da rota turística do Pelourinho e fique sempre atento, pois há muitos relatos de roubo na região. No Pelourinho você também vai encontrar a casa em que Michael Jackson usou no clip ‘They don’t care about us’, ela estava à venda, mas ainda é possível visitar pagando a entrada de R$ 2,00.

Sorveteria da Ribeira em Salvador

A Sorveteria da Ribeira já virou tradição desde 1931 e você não pode deixar de incluir no seu roteiro. A Sorveteria é muito movimentada e é bem provável que você encontre uma fila, mas não se preocupe, pois anda bem rapidinho. O local é simples, mas nas paredes você encontrará vários prêmios e fotos de artistas que visitaram o local.

Sorveteria da Ribeira

Sorveteria da Ribeira

O sorvete é gostoso, mas não achamos nada muito especial e custou uns R$ 13,00 duas bolas de sorvete. Mesmo assim tradição é tradição e merece ser respeitada. Pegue seu sorvete e vá dar uma voltinha pela Ribeira, lembra um pouco Paquetá aqui no Rio de Janeiro. Fomos no finalzinho da tarde e foi muito agradável.

mais-inforFuncionamento: Diariamente de: 09h às 22h Endereço: R. da Penha, 87 - Ribeira Site: www.sorveteriadaribeira.com.br

 Igreja do Bonfim em Salvador

A Igreja de Nosso Senhor do Bonfim é muito conhecida pela tradicional lavagem da escadaria que é realizada todo ano pelas baianas no segundo domingo de Janeiro. É a segunda maior festa de Salvador, perdendo apenas para o carnaval. A capela foi fundada em 1746, mas o interior da igreja só ficou pronto em 1754. Cheia de detalhes, a igreja possui uma linda arquitetura, não é tão grande, mas a fé do povo baiano em Nosso Senhor do Bonfim é imensa. Do lado de fora, criou-se o costume de amarrar fitinhas na grade que fecha a igreja, o que dá um visual bacana e alegre.

mais-inforEndereço: Praça Sr. do Bonfim, s/n - Bonfim Site: www.santuariosenhordobonfim.com

 MAM – Solar do Unhão em Salvador

O Solar do Unhão  é uma construção do século XVI banhada pela Baía de Todos os Santos e é a sede do Museu de Arte Moderna da Bahia desde 1963. O museu conta com cinco salas de exposição, além de uma galeria ao ar livre e uma sala de cinema. Do MAM é possível ver um pôr do sol lindíssimo, imperdível mesmo. E aos sábados, a partir das 18hs, esse espetáculo é embalado ao som de jazz.

mais-inforFuncionamento: Das 13h às 18h Endereço: Av. Contorno, s/n. - Solar do UnhãSite: www.jamnomam.com.br/mam

 Morro do Cristo em Salvador

Construída em 1920 a escultura de Cristo com 7 metros de altura com o pedestal, está no local conhecido como Morro do Cristo da Barra, que funciona como um mirante; de lá é possível ver uma bela vista da Praia e do Farol da Barra. Vale uma visitinha rápida.

 Forte de Santa Maria e Forte de São Diogo em Salvador

Esses dois fortes ficam bem próximos um do outro, nas extremidades da disputadíssima Praia do Porto da Barra. O Forte de São Diogo, localizado ao lado direito e o Forte de Santa Maria ao lado esquerdo da Praia do Porto da Barra, trabalhavam em conjunto impedindo o desembarque de qualquer inimigo no acesso a cidade de  Salvador e das suas muralhas você poderá ter uma espetacular visão da Baía de Todos os Santos. O  Forte de São Diogo é alugado para eventos e Forte Santa  Maria abriga um espaço cultural. Ambos os lugares são bem simpáticos, fotogênicos e muito agradáveis e ainda possuem uma localização privilegiada para assistir um belíssimo pôr do sol.  Será uma visita rápida, mas que vale a pena. A entrada é gratuita.

Praia do Porto da Barra em Salvador

Disputadíssima nos finais de semana, a Praia do Porto da Barra possui uma pequena extensão de faixa de areia e de lá se tem uma excelente vista para Ilha de Itaparica e para Baía de Todos os Santos. Um dos principais pontos turísticos de Salvador, a praia vive lotada e possui uma boa estrutura de bares, restaurantes e ambulantes. A praia realmente é muito bonita e já foi apontada pelo jornal britânico “The Guardian” como a terceira melhor praia do mundo. O mar é limpo e as águas são bem calmas e quentinhas, perfeita para levar as crianças e curtir com a família. Nossa dica para visitar a Praia do Porto da Barra é que você dê preferência aos dias de semana, pois aos sábados e domingos fica bastante cheio. É melhor evitar! Reserve um dia para ver o pôr do sol da Praia do Porto da Barra, é lindo.

Casa do Rio Vermelho em Salvador

A Casa do Rio Vermelho (ou Casa do Jorge Amado) é um lugar encantador. Nesta casa viveram os escritores Jorge Amado e Zélia Gattai e fica localizada no bairro do Rio Vermelho. Situada numa ladeira do bairro, a casa foi comprada pelos escritores no início dos anos 60 e sempre esteve aberta para receber amigos, abrigar animadas reuniões da família em volta da piscina. Após a morte de Jorge Amado (ele faleceu em 2001), Zélia Gattai (ela faleceu em 2008) continuou morando no lugar até 2003. A casa ficou fechada até 2013 e em 2014, a Prefeitura de Salvador reabriu a casa para se tornar um memorial aberto à visitação. De fato, reabrir a casa foi um grande feito e visitá-la têm uma sensação especial.  Além de muito aconchegante, a Casa do Rio Vermelho é considerada por muitos visitantes um lugar mágico e com certeza será uma experiência rica.

Conheça a casa através do vídeo abaixo:

É uma espécie de “Museu Audiovisual” e através da visita você vai mergulhar na vida dos escritores através de objetos, sons, músicas e poemas. Dá para sentir que ali o casal viveu momentos felizes e de muita paz. O lema da casa reflete em a energia do passeio: “Se for de paz, pode entrar”. A visita guiada dura aproximadamente 1 hora. Ficamos complemente encantados com a organização, receptividade e explicação de todos os detalhes. Consideramos visita obrigatória para quem vai em Salvador.

Fumais-inforncionamento: Terça à Domingo: 10h às 17h.  O valor da entrada é R$ 20,00, mas às quartas-feiras a entrada é gratuita. Estudantes e pessoas a partir de 60 anos pagam meia entrada. Não é aceito cartão de crédito/débito para pagamento das entradas. Endereço: Rua Alagoinhas, 33  Rio VermelhoSite: http://www.casadoriovermelho.com.br/

Vila Caramuru

A Vila Caramuru funciona na Praça Caramuru onde antigamente funcionava o Mercado de Peixes do Rio Vermelho. Nós visitamos a Vila depois que saímos da Casa de Jorge Amado e foi bem bacana. O lugar é super agradável, cheio de bares e restaurantes. Experimentamos um delicioso sorvete na sorveteria A Cubana. Vale a pena conferir.

mais-inforFuncionamento: Diariamente: 10h às 01h.  Endereço: Rua Monte Conselho, s/n - Praça Caramuru - Rio Vermelho

Forte Mont Serrat

O Forte Mont Serrat ou Forte de Nossa Senhora de Mont Serrat fica localizado no bairro de Boa Viagem. O forte construído em 1742 está ao lado da Praia da Boa Viagem e foi tombado como Patrimônio  Artístico e Cultural. O local pertence ao Exército e está localizado numa posição estratégica no alto da ponta mais avançada da Baía de Todos os Santos.

Desde de 1993, abriga o Museu de Armaria do Ministério do Exército e, hoje, é visto por muitos como a mais bela construção do período colonial brasileiro. Realmente, é uma construção muito bonita. De lá, a vista da entrada da Baía de Todos os Santos é privilegiada. De uma lado você vê Salvador e do outro, a Ilha de Itaparica.

mais-inforEndereço: Av Santa Rita Durão, s/n - Mont Serrat - Salvador - BA - Telefone: (71) 3313-7339 - Ligue antes para confirmar o horário de funcionamento e não perca a vista!

 Itapuã

Itapuã é um bairro de Salvador que ficou eternizado nos versos da canção “Tarde em Itapuã”, composta por Vinícius de Moraes e Toquinho. Levamos ao pé da letra o verso da canção que diz “É bom passar uma tarde em Itapuã” e literalmente passamos uma tarde em Itapuã. A ideia era ficar o mais próximo possível do aeroporto, já que nosso embarque aconteceria na madrugada. E assim fizemos, seguimos para Itapuã no início da tarde na expectativa de reviver os versos da canção.  Além da praia, o Farol de Itapuã se tornou um fotogênico ponto turístico da capital baiana.

De fato Itapuã é linda e extremamente fotogênica. O mar gigante, o som do mar, o encontro do céu e o mar e lindíssimo pôr do sol continuam lá. Entretanto, diferente dos versos proclamados na canção, Itapuã foi tomada por crescimento desordenado e diversos problemas. Bem próximo ao Farol e a Praia de Itapuã se instalaram diversas comunidades e na internet há relatos de crimes e assaltos cometidos bem próximo do Farol a qualquer hora do dia.

Ficamos hospedados em um hotel de frente a Praia de Itapuã, um lugar tranquilo e aparentemente muito seguro. Do hotel, resolvemos ir caminhando para o Farol de Itapuã na expectativa de fazer fotos e apreciar o local, mas para nossa decepção encontramos um lugar muito mal frequentado e nos sentimos bastante apreensivos e inseguros. Foi uma experiência bastante negativa. Chegamos do lado do Farol de Itapuã, mas não conseguimos tirar nenhuma foto. Ficamos por lá por alguns minutos e depois retornamos para o hotel. Uma pena que um lugar tão lindo e eternizado por uma canção tenha se tornado tão perigoso. Infelizmente, não recomendamos que você visite este local durante seu passeio em Salvador. 

Hospedagens em Salvador

Hotel Ibis Aeroporto Hangar

Como mencionamos no começo do post, assim que chegamos em Salvador,  pegamos um táxi do Aeroporto até o Hotel Ibis Hangar, que fica bem perto, mas não dá para ir andando. Escolhemos passar a noite por lá para não atravessar a cidade de madrugada e evitar riscos. Como já estamos familiarizados com a rede de hotéis, fechamos sem referência. O hotel atende muito bem no que diz respeito a acomodação, limpeza, atendimento e preço da diária. Café da manhã não é incluso, você paga um valor por pessoa.

The Hotel Barra

Algumas pessoas consideram o The Hotel simples, mas para nós atendeu bem e não deixou a desejar em nada. Eles possuem um restaurante, caso você não queira sair a noite, poderá jantar lá mesmo. O que mais gostamos foi a localização, fica super perto de padaria, mercado, lanchonetes, do Shopping da Barra. E de vários pontos turísticos o Morro do Cristo, Praia e Farol da Barra.

Itapuã

Como já tínhamos visitado todos os pontos turísticos que queríamos, resolvemos passar o final do último dia em Itapuã e para facilitar escolhemos a Hospedagem mais próxima da praia para que pudéssemos aproveitar um pouco mais evitando deslocamentos. Como só passamos a tarde e um pedaço da noite, o hotel atendeu bem. Além de ser próximo ao mar, você pode aproveitar a piscina e eles também possuem um restaurante, o que foi ótimo, pois pudemos jantar lá mesmo.

No nordeste você já sabe, faz sol na maior parte do ano. Nós fomos no mês de outubro e pegamos dias lindos de sol. Só não esqueça de levar o protetor solar, pois a cidade é bem quente e aquela brisa que sopra do mar disfarça o calor, mas final do dia quem sofre é sua pele. 

Constantemente você consegue encontrar passagens bem acessíveis para Salvador e como três dias são suficientes para conhecer os principais pontos turísticos e considerando o fato que você pode fazer os passeios por conta própria, a viagem não sai cara. Com planejamento é uma viagem possível a qualquer bolso! Fazer os passeios por conta própria realmente nos ajudou a economizar bastante. Vimos vários relatos dizendo para fazer o passeio por agência pela questão da segurança, mas nós gostamos da liberdade de poder fazer os passeios no nosso tempo e de poder tirar nossas inúmeras fotos. Trace sua rota e vá.

Salvador como a maioria das cidades brasileiras possui um problema de segurança, mas não é isso que deve afastar você de conhecer essa cidade tão rica em cultura, alegria e fé. O que recomendamos é que você procure ficar atento o máximo que puder e evitar lugares fora da rota turística. Para quem mora em grandes cidades como Rio e São Paulo, ficar alerta é a nossa obrigação número 1. Em Salvador não é diferente. O que realmente é triste em Salvador é a quantidade de casarão que você vê pelas ruas que estão “caindo aos pedaços”; é triste ver tanta história e uma bela arquitetura se perder desse jeito. Parece que muito pouco esforço é feito para manter viva essas lembranças históricas do Brasil.   No mais aproveite toda a beleza que a Bahia ainda têm para te oferecer. Nós amamos a cidade e com certeza voltaremos em breve.

Muitas viagens e clicks para você!

Comments

comments

2 Comments

  1. WILLIAN M 28 de setembro de 2017

    Olá kelly… Adorei o roteiro.. Saberia me dizer se dentro desse Roteiro de 3 dias e 3 noites daria para visitar a ilha de Itaparica? Sei que ela tem algumas praias legais e a viagem de balsa leva no máximo 35m partindo da feira de São Joaquim.. Obg

    Responder
    1. Kelly & Wallace 29 de setembro de 2017

      Que bom que você gostou! Dá para fazer sim. Inclusive tem alguns passeios que vão para Itaparica.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *